O Barranco

Há 47 Anos no Coração dos Gaúchos

O Barranco

Nossa História

A 47 Anos no coração dos gaúchos!


Fogo sempre aceso, o melhor churrasco à la carte, pratos quentes e frios à disposição e garçons sempre prontos a atender pedidos a qualquer hora é coisa rara na Capital gaúcha. Mas isso é o que se vê todos os dias na Churrascaria Barranco. A oferta ininterrupta de pratos por si só poderia justificar o sucesso da casa que há 47 anos é um dos lugares mais “queridos” pelos gaúchos. Se o bem-servir e a qualquer hora das 11h às 2h da manhã –são fato, a qualidade dos alimentos que são oferecidos é o maior diferencial.

Os proprietários Elson Furini e Chico Tasca não conhecem a palavra “economia” quando buscam o melhor produto para servir à mesa. “Queremos sempre o melhor, seja em produtos seja em procedimentos”, diz Elson. Qualificação e inovação, aliás, são palavras de ordem no Barranco há muito tempo. Tanto que a equipe de funcionários – hoje somam 90 participa de cursos de aperfeiçoamento no Sebrae, especialmente voltados às Boas Práticas de Fabricação (BPF). A busca por inovações que agreguem e somem pontos nos quesitos qualidade dos produtos, atendimento e prestação de serviços é constante. Os proprietários do casarão nos altos da Protásio Alves também investiram em uma grande reforma concluída em 2005. Além da ampliação dos espaços – hoje são cinco estacionamentos com manobristas com capacidade para 280 veículos - a casa também se modernizou a fim de garantir maior comodidade e qualidade à fiel clientela.

Uma alimentação segura é o que há anos atrai multidões ao Barranco. Na reforma, além da informatização, houve melhorias de procedimentos e compra de novos equipamentos em toda a área de produção dos alimentos. Um bom exemplo dessa preocupação com a qualidade é a parceria fechada há três anos com a Associação Brasileira de Angus (ABA) e o Frigorífico Mercosul, onde o Barranco foi o primeiro estabelecimento em Porto Alegre a servir Carne Angus Certificada, um diferencial que hoje é responsável por mais de 50% dos pedidos de carnes feitos à mesa.

Mais do que uma tradição na oferta da melhor carne, o Barranco nessas quatro décadas se consolidou como ponto de encontro de diferentes tribos. Políticos, empresários, artistas, jornalistas e confrarias são figuras corriqueiras nas mesas. A localização privilegiada é vista como um diferencial: em que lugar de Porto Alegre é possível degustar uma carninha, tomar um chopinho ou uma caipirinha sem se preocupar com as crianças, que podem brincar ao ar livre enquanto as famílias confraternizam? Só no Barranco!

Além de espaço para confraternização, a churrascaria é local preferido de muitos para encontros de negócios. E, ao longo dos anos, acumulou muitas histórias de clientes que passaram por ali. Tantas que seus proprietários não gostam de citar apenas uma ou duas. Preferem guardar na memória ou contar a boca pequena para não desagradar um ou outro frequentador assíduo, porém, anônimo. Esse cuidado e atenção com a clientela explicam porque até hoje o Barranco não aderiu ao livro de visitas ou à parede com fotos dos ilustres. Para Elson Furini e Chico Tasca todos são importantes e recebem sempre o melhor tratamento. Mas confessam não tem um dia em que a casa não receba um “famoso”.

O propósito inicial de ser uma churrascaria com um bom atendimento e excelentes pratos já foi conquistado há muito tempo. Para muitos o local se tornou uma verdadeira instituição. É lá que grupos se encontram para bater um papinho ou comemorar –seja aniversário, casamento, vitórias e/ou derrotas do Inter ou do Grêmio. O Barranco já faz parte da vida das pessoas e ficará presente em momentos especiais na vida de muitas famílias. Para os visitantes estrangeiros muitos não saem de Porto Alegre sem antes passar por aqui, o Barranco já virou uma espécie de Embaixada. Se na primeira vez a opção pela casa foi influenciada pelos hoteleiros – “vai no Barranco, lá não tem erro”, a segunda com certeza é por conhecimento de causa.